Aula 01 – Contabilidade: Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido

Olá, galera! Agora vamos iniciar o estudo da Contabilidade. Nesse artigo você aprenderá o conceito de patrimônio. Vamos te ensinar a identificar os elementos patrimoniais: ativo, passivo e patrimônio líquido. Mostraremos também como é composta a equação fundamental do patrimônio, necessária para compreender como funciona a dinâmica patrimonial na Contabilidade.

Por fim, traremos alguns exemplos de fatos contábeis que modificam o patrimônio de uma entidade, ensinando como eles serão registrados e demonstrados no Balanço Patrimonial.

Já leu nosso primeiro artigo??? Antes de continuar, leia nosso post de introdução: O Que é Contabilidade e seus o Objetivos, Aprenda Passo a Passo!

Iniciando no Mundo da Contabilidade: Aprendendo o que é Patrimônio

O patrimônio é o conjunto de bens, direitos e obrigações de uma entidade. Corresponde ao objeto de estudo da contabilidade.

Mas o que danado é uma entidade?! Entidade é uma unidade patrimonial específica na qual a Contabilidade irá estudar os eventos que modificam o seu patrimônio ao longo de um período. Podem ser públicas (do governo), privadas e também pessoas físicas. Alguns exemplos:

Entidades Públicas: Ministério da Saúde, Caixa Econômica Federal (CEF), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) etc.

Entidades Privadas: temos as empresas como, por exemplo, Gerdau, Grupo Pão de Açúcar, Natura, Braskem, Vale, Bradesco, Itaú Unibanco, Ambev, Cemig (as maiores do Brasil em faturamento).

E nós, pessoas físicas, por fim, somos considerados unidades patrimoniais com nossos bens, direitos e obrigações individuais. Portanto, objeto de estudo da contabilidade. Podemos aplicar tranquilamente as técnicas contábeis em nossas finanças pessoais como forma de controle e planejamento.

Os Elementos Patrimoniais: Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido

Ativo

O ativo corresponde aos bens e direitos da entidade. Uma de suas principais características é a capacidade de gerar benefícios econômicos futuros. Exemplos:

Bens: caixa, depósitos bancários, estoque de mercadorias, veículos, imóveis, terrenos etc.

Direitos: Contas a Receber de Clientes, Duplicatas a Receber, Títulos a Receber, Impostos a Recuperar, Adiantamentos a Fornecedores, Seguros a Vencer, Despesas Pagas Antecipadamente, Patentes etc.

No Balanço Patrimonial (trataremos à frente) o ativo, por convenção, encontra-se discriminado do lado esquerdo.

Passivo

O passivo compreende as obrigações da entidade com terceiros. Uma de suas características é a de ocasionar desembolsos de caixa futuros (para quitar as obrigações).

São exemplos comuns de passivo: Contas a Pagar de Fornecedores, Salários a Pagar, Impostos a Pagar, Títulos a Pagar, Dividendos a Pagar etc.

O passivo encontra-se evidenciado do lado direito do Balanço Patrimonial.

Patrimônio Líquido (PL)

O patrimônio líquido é formado pela diferença (subtração) entre o ativo e o passivo da entidade em determinado período.

Patrimônio Líquido = Ativo – Passivo

As fontes de recursos do patrimônio líquido são duas:

I – Investimentos dos sócios: formado pela integralização inicial do capital por parte dos sócios ou acionistas e posteriores aumentos.

II – Lucros: quando na apuração do resultado, o total das receitas supera o total das despesas tem-se o lucro do exercício. Esse valor, por sua vez, será transferido para uma conta específica (Lucros Acumulados) no Patrimônio Líquido da empresa.

Exemplos de contas que compõem o PL: Capital Social, Capital Subscrito, Capital a Integralizar, Lucros Acumulados, Prejuízos Acumulados, Reservas de Lucros etc.

Equação Fundamental do Patrimônio (Equação Patrimonial)

No momento de registrar um evento que modifica o patrimônio da entidade, a Contabilidade utiliza como base a equação fundamental do patrimônio, observe:

Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido

Veja que a equação é formada pelos três elementos patrimoniais (ativo, passivo e patrimônio líquido). Como normalmente na grande maioria das empresas o ativo (bens e direitos) é maior do que o passivo (obrigações), o patrimônio líquido ficará do lado esquerdo do balanço patrimonial juntamente com o passivo, mantendo a igualdade da equação. Por exemplo, uma empresa com um ativo de R$ 10.000,00, passivo de R$ 6.000,00 e patrimônio líquido R$ 4.000,00 a equação ficará assim:

         Ativo                 Passivo             PL

   R$ 10.0000   =   R$ 6.000,00 + R$ 4.000,00

(lado esquerdo)          (lado direito)

Preste atenção, aí vai uma dica! Para melhorar o seu entendimento, imagine que a equação patrimonial seja uma balança na qual os pesos de cada lado precisam estar sempre iguais. Do lado esquerdo o ativo e do direito o passivo e o patrimônio líquido. O patrimônio líquido funcionando como um contrapeso do lado menor para igualar os valores.

Balança Equação Patrimonial

Veja: Como Escolher os Melhores Livros de Contabilidade!

O Passivo a Descoberto

O que é Passivo a Descoberto na Contabilidade? Ocorre quando o valor do passivo é maior do que o ativo. Esse tipo de situação não é o habitual. Pode ser encontrado em empresas com alto nível de endividamento e/ou processo de liquidação ou falência.

Nesse caso, a equação patrimonial poderá ser apresentada de duas maneiras:

Vamos imaginar uma empresa com ativo de R$ 8.000,00, passivo R$ 10.000,00 e patrimônio líquido R$ 2.000,00.

1 – A equação pode ser apresentada com o patrimônio líquido do lado esquerdo junto com o ativo, observe:

      Ativo     +      PL                    Passivo

   8.000,00  +  2.000,00   =   10.000,00

(lado esquerdo)              (lado direito)

2 – A segunda forma de apresentação da equação consiste em manter o patrimônio líquido do lado direito, porém com o valor negativo. Subtraindo o passivo do PL, se obtém o valor do ativo, equilibrando a equação:

   Ativo            Passivo             PL

 8.0000,00 = 10.000,00 + (- 2.000,00)

(lado esquerdo)       (lado direito)

Fazendo a regra de sinais +/- é igual a menos, temos: 10.000,00 + (- 2.000,00) = 10.000,00 – 2.000,00 = 8.000,00.

O Balanço Patrimonial

O Balanço Patrimonial é a principal demonstração contábil na qual é evidenciada a situação financeira e patrimonial de uma entidade em determinado período. Nesse relatório, o ativo, passivo e patrimônio líquido são apresentados conforme a imagem abaixo:

Estrutura Balanço Patrimonial

Como podemos observar, em uma situação normal, o passivo e o patrimônio líquido são evidenciados do lado direito do balanço patrimonial, representando as origens de recursos que abastecem o ativo da entidade. Todo recurso tem uma origem (fonte). Na contabilidade, ele é representado pelo passivo através de obrigações com terceiros (ex.: empréstimos, fornecedores etc.); e o patrimônio líquido por meio de investimentos dos sócios (capital) e os lucros acumulados.

Por sua vez, o ativo é representado do lado esquerdo do balanço patrimonial, representando as aplicações de recursos oriundos do passivo e PL. Esses recursos são aplicados no ativo na forma de bens e direitos (por exemplo: caixa, clientes, estoques, aplicações financeiras, imóveis, veículos etc.) responsáveis pelas atividades operacionais e geração de receitas da entidade. Funcionam como combustível da empresa!

Ok! Entendeu agora? É fundamental que você compreenda essa sistemática de origens e aplicações de recursos, pois é a base para entender como funcionam os registros (lançamentos) contábeis segundo o método das partidas dobradas. Esse tema será tratado no próximo artigo!

Abaixo, temos um exemplo de balanço patrimonial simples no qual você pode ver como estão apresentados os elementos patrimoniais (ativo, passivo e patrimônio líquido) e suas respectivas contas e valores:

Modelo Balanço Patrimonial

Exemplos de Fatos que Modificam o Patrimônio

Vamos entender na prática como ocorrem as mutações no patrimônio de uma entidade. Para facilitar o entendimento, vamos elaborar um Balanço Patrimonial para cada operação.

1ª Operação: Subscrição do Capital

No dia 02/01/2017 os senhores Antônio Silva, Bruno Leite e Cayo Ferreira firmaram um contrato de constituição da Empresa ABC Distribuidora de Alimentos Ltda. Ficou firmado o compromisso de entregar um capital no valor de $ 800.000, dividido entre os 03 sócios na seguinte proporção:

Antônio – $ 300.000

Bruno – $ 250.000

Cayo – $ 250.000

Veja como fica o registro no balanço:

Exemplo Balanço Patrimonial 01

Observe que os saldos do ativo, passivo e patrimônio líquido estão zerados, pois o que houve foi apenas o registro do capital subscrito, ou seja, do valor que os sócios se comprometeram a entregar a empresa. Até esse momento, não ingressou nenhum recurso no ativo.

2ª Operação: Integralização de parte do Capital

No dia 03/01/2017 os sócios Bruno e Cayo entregaram suas respectivas quotas do capital no total de $ 500.000 em dinheiro. Confira o balanço:

Exemplo Balanço Patrimonial 02

Com a integralização do capital, o ativo (lado esquerdo) da empresa passa a ser representado pelo dinheiro em caixa de $ 500.000 originado da quota dos sócios. No outro lado, o patrimônio líquido também passou a ter um saldo positivo de $ 500.000. Esse valor representa o capital em dinheiro que ingressou na entidade. Perceba que ainda resta o valor de $ 300.000 que é a parte do sócio Antônio.

3ª Operação: Aquisição de um Imóvel

No dia 05/01/2017, a empresa ABC adquiriu um imóvel (bem) do senhor Paulo Dantas no valor de $ 420.000 onde funcionará a sede administrativa e as atividades operacionais. O negócio ficou firmado assim: $ 300.000 pagos em dinheiro e o restante a prazo na forma de nota promissória nº 0001 (obrigação com terceiros) emitida pela empresa com vencimento em 03/02/2017.

Exemplo Balanço Patrimonial 03

Com a compra do imóvel ingressou um bem no ativo de $ 420.000, sendo registrado na conta de Imóveis. Por outro lado, o caixa diminuiu em $ 300.000, pois esse dinheiro foi aplicado nesse bem. Ficou o ativo agora com saldo de $ 620.000.

Para igualar a equação do patrimônio, do lado do passivo há o registro da obrigação com terceiros (senhor Paulo Dantas) no valor de $ 120.000 referente ao restante do valor do imóvel adquirido, a prazo.

Atenção! Sempre deverá ser mantida a igualdade entre os lados (Ativo = P + PL).

4ª Operação: Integralização do Restante do Capital

Em 10/01/2017, o sócio Antônio Silva integralizou sua parte do capital, sendo $ 280.000 em dinheiro e $ 20.000 em móveis e utensílios (cadeiras, mesas, escrivaninhas, estantes, prateleiras etc.).

Exemplo Balanço Patrimonial 04

Com a integralização da parcela do capital pertencente ao sócio Antônio Silva, a conta Capital a Integralizar fica zerada, pois todos os sócios entregaram suas quotas. Assim, a conta Capital passa a possuir um sado de $ 800.000 que foi o investimento inicial firmado no contrato de constituição da Empresa ABC.

O aumento de $ 300.000 ocorrido no lado do patrimônio líquido (origens de recursos) também deve acontecer no lado do ativo (aplicação dos recursos). E aconteceu na forma de bens! Foram $ 280.000 de aumento no caixa da empresa e $ 20.000 em móveis e utensílios, mantendo, portanto a igualdade patrimonial.

5ª Operação: Compra de mercadorias

Em 12/01/2017, compra de mercadorias da empresa AZ Indústria de Alimentos S.A. no valor de $ 330.000, sendo $ 165.000 pagos a vista no ato da compra e o restante a prazo com vencimento em 31/01/2017.

Exemplo Balanço Patrimonial 05

A compra das mercadorias aumentou o ativo em $ 330.000, sendo registrada na conta de Mercadorias (estoque). Ou seja, foi um bem que ingressou no ativo da empresa. No entanto, para esse bem integrar o ativo da ABC Distribuidora houve uma diminuição do ativo (Caixa) de $ 165.000 (valor pago a vista na compra).

Por sua vez, no lado do passivo registramos a obrigação de pagamento com a empresa AZ Indústria de Alimentos S.A. na conta de Fornecedores no montante de $ 165.000. É uma obrigação que a empresa terá de quitar futuramente.

Perceba sempre a igualdade entre os lados no Balanço Patrimonial!

Caso tenha alguma dúvida sobre esses exemplos, deixe um comentário no final do artigo com a sua pergunta que nós responderemos!

Observação => Aqui no site Tudo de Contabilidade, os nossos exemplos serão com empresas privadas, ou seja, entidades com fins lucrativos, pois facilita o entendimento dos assuntos relacionados à Contabilidade.

VEJA: Os Melhores Concursos para Contador 2017!

Concluindo…

Conhecer o conceito e as características dos elementos patrimoniais (ativo, passivo e patrimônio líquido) é base fundamental para compreender os fenômenos que modificam o patrimônio de uma entidade. É preciso que você entenda e aplique a equação patrimonial (Ativo = Passivo + PL) na hora de registrar um fato contábil. Imagine uma balança com pesos iguais de cada lado.

O principal relatório contábil é o Balanço Patrimonial. É nele que estão evidenciados os bens, direitos e obrigações de uma empresa, sempre mantendo a igualdade entre os lados. Do lado esquerdo o ativo, do lado direito: o passivo e o PL.

Espero que esse artigo tenha lhe ajudado um pouco em seus estudos.

OBRIGADO!

Obrigado por ler o artigo! Deixe seu comentário...